Olá! Meu primeiro post! Que delícia e que orgulho. Muito trabalho para chegar até aqui e muita satisfação também. Meu planejamento para o blog são posts que falem sobre arquitetura infantil e vários assuntos que estão presentes no dia-a-dia.

O blog é dividido em quatro categorias principais: casa, lifestyle, empreendedorismo e DIY (faça você mesmo). O foco dele é buscar e dar informações que melhorem cada vez mais o bem-estar das pessoas, seja com soluções de decoração que facilitem a rotina, seja com fatos simples que me fizeram repensar conceitos.

A chegada do meu filho, Felipe, trouxe para minha vida o lúdico. Desde então, com estudos e experimentação procuro projetar de maneira a levar segurança e diversão para as crianças. Busco muitas referências em métodos de ensino e pedagogias para tentar prover a melhor experiência possível dentro do espaço que estou fazendo. O Método Montessori me dá bastante embasamento teórico para soluções que crio para os quartos, as brinquedotecas e os banheiros de crianças. No momento que estou criando, penso nas curiosidades que presencio e tento colocar materiais que as instiguem, tecidos com texturas diferentes, mobiliário que leve independência e autonomia para as pessoas. A intenção é deixar os elementos ao alcance do usuário, assim, quando tiver interesse em realizar certa atividade, vai conseguir sem, ou com pouca, ajuda. Para isso acontecer com sucesso, o ambiente preparado deve ser minimalista, isto é, apenas com elementos essenciais, e que chame a atenção da criança. É preciso olhar para o restante da casa também, em maneiras e objetos que decorem e tenham a função de facilitar a rotina. Colocar cabideiros na entrada de casa, por exemplo, ajudam a todos para não ficarem bolsas espalhadas pela casa, mas principalmente quem tem crianças, já que sempre chegamos cheio de bolsas e mochilas. Se você coloca já na entrada de casa um elemento que resolve as bolsas espalhadas pelo sofá ou mesa, decora e facilita a rotina ao mesmo tempo.

A categoria lifestyle é mais abrangente, fala sobre passeios, festas e maternidade, minhas experiências. Como morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Brasília, tenho dicas de lugares muito bacanas para levar as crianças, parquinhos pouco conhecidos. Ter um filho nunca nos impediu de fazer programas, apenas os adaptamos, então, até a trilha da Pedra Bonita, no Rio, o Felipe subiu com a gente. As festas infantis que já fizemos até hoje não foram diferentes, sempre pensando nos pequenos. As brincadeiras, os horários e os locais pensados de maneira que fossem agradáveis para eles. Um dos meus aniversários foi um picnic ao lado de um parquinho na Lagoa Rodrigo de Freitas, pela manhã, perfeito para criançada.

Como empreendedora que sou não consigo ficar parada, sempre busco novas maneiras de executar as tarefas e inovar. A maternidade é um grande acelerador para isso porque novas demandas surgem a todo o momento e com criatividade e imaginação temos que resolver. O empreendedorismo surgiu para mim como um caminho para conciliar a vida profissional e a vida pessoal, pois, apesar da demanda que um novo negócio gera, a liberdade para trabalhar em horários e locais alternativos me permite ser mais presente na vida do meu filho. O começo é muito difícil, saber o quanto de tempo destinar para cada tarefa, achar o melhor modelo de negócios, equilibrar vida social e profissional. Ao contrário do que pensava antes de empreender, a balança pende muito mais para as tarefas relacionadas ao trabalho. Mas, com o tempo, bastante estudo e experiência, é possível ir balanceando a vida.

O curso de arquitetura tem uma parte prática bem forte, vai aperfeiçoando algumas habilidades motoras e estéticas. Isso contribuiu com a minha vontade de fazer várias coisas manuais. Por exemplo, quando damos um brinquedo para uma criança e a parte preferida é o embrulho ou a caixa ficamos um pouco frustrados, mas não percebemos que a caixa pode ser mais desafiadora, já que a imaginação pode fluir a partir dela. Então, muitas das brincadeiras que faço com o Felipe são simples, mas bem divertidas. Vou compartilhar isso com vocês na categoria de DIY. Além das atividades, também estarão presentes nesse grupo tutoriais e dicas de objetos para decorar a casa.

Não perca! Toda quinta tem novidade no blog! Os posts vão mostrar a delícia que é o universo da arquitetura para pequenos.